Saiba tudo sobre Pug

Lifestyle

Excesso de mimos é o que pode sofrer se é dono ou está a pensar adotar um Pug, são uma raça muito companheira. Continue a ler e conheça um pouco mais sobre esta raça.

Caraterísticas e Aparência do Pug:

O Pug é considerado um cão de pequeno porte, com uns olhos grandes e bastante expressivos, com uma cabeça arredondada e cauda enrolada. São extremamente amigos do seu dono e da sua família, além de adorarem conviver com todos os animais. A sua pelagem, pode ser preta e variações de bege, oficialmente, no entanto é possível encontrar pelagens de outras colorações como brancos e chocolates/castanhos. O focinho é por norma enrugado e achata de cor preta, tal como as orelhas. Vivem em média 12 a 15 anos e em adulto tem o peso médio de 6 a 9 kg.

A sua história

A China antiga é a origem mais provável desta raça, onde os cães de nariz e boca pequenos eram muito apreciados, principalmente pelos imperadores. Foram trazidos para a Europa, pelos comerciantes holandeses e ganharam popularidade quando a realeza de Inglaterra se apaixonou por esta raça e a chamou de Pug.

Temperamento

Companheiro inseparável, dócil e leal são as principais características da personalidade do Pug. Não gostam de estar muito tempo sozinhos, por eles andam sempre na companhia do seu dono e de preferência ao seu colo. Bastante sociáveis, mesmo com estranhos, tornando-o um péssimo cão de guarda. São muito brincalhões, dando-se bem com crianças e outros animais. Inteligentes e teimosos, vai ter de ter alguma paciência na hora do treino e a educação deve ser iniciada o mais precoce possível. Apesar de energéticos, os Pug, não precisam de muita atividade física, nem gostam, e adaptam-se perfeitamente a um apartamento.

Personalidade e treino do Pug:

O Pug é um cão bastante inteligente, no entanto também é bastante teimoso, o que leva a muitas vezes não quer obedecer ao dono. O seu treino deve ser iniciado o mais cedo possível e com muita regularidade, várias vezes ao dia idealmente e sempre com reforço positivo.

Saúde

Esta raça pode sofrer predisposição para algumas patologias hereditárias:

  • Obesidade: devendo sempre ter cuidados com a alimentação e realizar exercício físico;
  • Problemas de pele: é frequente ver cães desta raça com dermatites, principalmente nas pregas do focinho;
  • Síndrome braquicéfalo: devido a anatomia do seu focinho e é o grande motivo dos barulhos típicos que fazem ao respirar e até do ressonar a dormir;
  • Problemas oculares: nomeadamente úlceras da córnea e existe uma tendência a que o olho saia da orbita (o olho fica pendurado, sendo uma urgência veterinária);
  • Problemas articulares: luxação da patela.

Cuidados de saúde a ter

  1. Limpeza regular das pregas de pele: pode realizar esta limpeza com uma compressa com soro fisiológico e outra seca para retirar a humidade e diminuir a frequência de dermatites;
  2. Apesar de serem uma raça de pelo curto, este deve ser escovado uma vez por semana;
  3. Alimentação e o exercício físico devem ser um foco importante, para que não fiquem obesos;
  4. Cuidado com a temperaturas altas, os Pugs não se dão bem com o calor.

Maria Beatriz Mariano

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar