Menu Icon
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Sobre nós
  • Loja
BlogSaúde

Hipertermia

A hipertermia consiste no aumento da temperatura corporal dos cães, normalmente devido a aquecimento externo. A temperatura normal dos nossos patudos, varia entre os 38-39º, sendo que pode subir até aos 39,5º. Temperaturas acima desse valor, acompanhadas pelos sinais clínicos que vamos falar mais à frente, podem indicar que o seu animal está hipertérmico. Fique a conhecer os principais sinais clínicos e como prevenir!

2 min de leitura

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

Sintomas

Os animais afetados por esta condição, podem evidenciar diferentes sinais, sendo os mais comuns os seguintes:

Respiração forçosa e ofegante (arfar);

Hipersalivação (normalmente com saliva espessa);

–  Prostração;

– Rubor da pele e das mucosas;

– Vómitos;

– Convulsões.

 

Cuidados

Para evitar esta situação, é importante ter alguns cuidados com o seu patudo, particularmente no verão. Deve evitar passeios e exposição solar nas horas de maior calor, nunca o deixar fechado no carro (mesmo que não lhe pareça que o dia está quente), ter sempre água fresca à disposição e evitar exercício físico de intensidade demasiado elevada.

Nos dias mais quentes pode também colocar cubos de gelo nas tacinhas da água e comprar um tapete refrigerante, que diminui a temperatura corporal dos animais.

Animais obesos, idosos e braquicefalos (como pugs e bulldogs, por exemplo) são mais predispostos, pelo que os cuidados devem ser redobrados.

 

Tratamentos

O tratamento desta condição passa por restituir uma temperatura corporal normal, evitando as consequências nefastas que este aumento de temperatura pode ter. No entanto, é muito importante que a diminuição da temperatura não seja demasiado brusca, caso contrário pode causar um choque térmico. Inicialmente devem colocar-se toalhas molhadas em água fria Assim que possível deve ser instituída fluidoterapia endovenosa e oxigenoterapia. Molhar as patinhas com álcool também ajuda pois promove a diminuição da temperatura.

Esta situação é potencialmente fatal pelo que todos os cuidados são poucos… Proteja o seu patudo! 🙂

 

Ana Cláudia Gonçalves

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Próximo artigo

Chevron Icon

PARTILHE SE GOSTOU!

Facebook IconTwitter IconChain Icon

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja