Barkyn Logo
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Barkyn Portugal
BlogSaúde

Atrofia progressiva da retina no Cocker Spaniel

A atrofia progressiva da retina provoca perda de visão gradual nos cães. Os cães da raça Cocker Spaniel estão mais predispostos a ela. Saiba mais aqui.

Daniela Leal

Daniela Leal

Veterinária
2 min de leitura

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

Em que consiste a atrofia progressiva da retina no cão?

A atrofia progressiva da retina é uma doença que consiste na perda de visão motivada pela degeneração da retina. A retina é uma camada localizada na parte posterior do olho, responsável pela captação de luz através de fotorrecetores. A doença tem uma base genética, que varia consoante a raça em questão. A doença é mais prevalente em cães da raça Cocker Spaniel.

Quais os principais sinais da doença?

  • A perda de visão progressiva é o principal sinal clínico. O olho mantém-se aparentemente normal, à vista do tutor. Os cães com a doença começam por perder a visão noturna e a ir contra objetos de forma frequente. A visão, mesmo em condições de luz, vai sendo perdida ao longo do tempo, culminando em cegueira;
  • Alguns cães perdem o reflexo pupilar. A pupila pode estar dilatada (aumentada) em alguns casos.

Existem outras causas que podem provocar cegueira em cães, para além da atrofia progressiva da retina, que envolvem a manifestação de outros sinais clínicos.

Em que idade surgem os sinais clínicos?

Podem surgir entre os 4 meses e os 8 anos de idade, dependendo da raça em questão. Nos cães de raça Cocker Spaniel a doença costuma aparecer entre os 4 e os 8 anos de idade.

Como é realizado o diagnóstico da doença?

O diagnóstico é feito mediante a história clínica e um exame oftalmológico detalhado, que envolve a observação do fundo do olho. No exame oftalmológico, o Médico Veterinário pode observar alterações na retina (como hiperrefletividade tapetal e atenuação dos vasos da retina). As alterações na retina só são detetáveis após o desenvolvimento dos sinais clínicos. Em cães cujas raças estão predispostas à doença, é possível ser feito um diagnóstico precoce através de um exame eletrofisiológico à retina (ERG).

Existe tratamento?

Não, pois trata-se de uma doença progressiva. Contudo, existem medicações que podem atrasar a progressão da doença.

Não existe um tratamento para a atrofia da retina que se instala e que provoca a perda total da capacidade da mesma, culminando na cegueira.

É uma doença exclusiva dos Cocker Spaniel?

Não. Existem outras raças predispostas para além do Cocker Spaniel:

Daniela Leal

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Próximo artigo

Chevron Icon

PARTILHE SE GOSTOU!

Facebook IconTwitter IconChain Icon

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja