Menu Icon
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Sobre nós
  • Loja
BlogSaúde

Cegueira em cães – como saber se o meu cão está a ver bem?

A perda de visão também ocorre nos cães, de forma aguda ou secundária a uma patologia progressiva. Como posso saber se o meu cão vê bem? Aprenda aqui.

2 min de leitura
Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

Quais são os sinais clínicos que sugerem perda de visão?

Quando um animal tem uma perda total ou parcial na capacidade visual, regra geral é possível que o dono detete comportamentos e posturas alteradas:

  • Perda da resposta de ameaça – o cão não pisca o olho quando aproximamos a mão ou outro objeto do olho, de uma forma repentina;
  • Choque contra objetos;
  • Adoção de um comportamento estranho quando estão em ambientes diferentes;
  • Perda de capacidade visual noturna – dificuldade de orientação quando a luz é reduzida, numa fase inicial da doença (caso seja progressiva).

Que doenças podem estar envolvidas na perda de visão?

Existem doenças (oculares e extraoculares) que podem predispor à perda de visão (aguda ou progressiva), quer por influência direta no processamento da imagem ,quer por não deixarem que a imagem passe normalmente todas as camadas do olho até chegar à retina (onde é processada).

As mais frequentes são as seguintes:

  • Alterações no sistema neurológico;
  • Atrofia progressiva da retina (frequente em cães de raça Cocker Spaniel);
  • Uveíte (caracterizada por uma inflamação da úvea, uma estrutura ocular. Pode ser causada por alterações oculares, como trauma, ou extraoculares, como inflamações e infeções sistémicas);
  • Glaucoma (caracterizado pelo aumento da pressão intraocular);
  • Cataratas diabéticas (ocorre com frequência em animais diabéticos, com a doença não controlada. É possível observar o “olho azulado”);
  • Alterações na retina por hipertensão (o aumento da pressão arterial, motivada por doenças sistémicas, provoca com frequência alterações na retina. O descolamento da retina é uma das consequências normalmente observadas);
  • Alterações graves na córnea não tratadas (como úlceras de córneaPannus;
  • SARDS (cegueira aguda. Nestes casos, a retina perde por completo a sua função, e a visão não é recuperável. A razão pela qual esta doença surge ainda não está completamente compreendida);

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através da realização de um exame oftalmológico e da realização de exames complementares caso sejam necessários. A consulta Médico-Veterinária deve ser realizada assim que haja a suspeita de perda de visão.

 

Há tratamento para a perda de visão?

Depende da causa. Algumas causas podem ser tratadas ou controladas, enquanto que outras culminarão inevitavelmente na cegueira (SARDS e atrofia progressiva da retina). Pode ser necessário instituir tratamento através de medicação oral e/ou através da colocação de gotas oftálmicas, e este será sempre orientado para o tratamento da causa primária e dos efeitos oculares que possam ter surgido secundariamente.

Daniela Leal
Médica Veterinária de Animais de Companhia

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda
Alimentação saudável entregue à sua porta

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja