Golden Retriever e gatos: dão-se bem?

Lifestyle

O Golden Retriever tem como caraterística o seu bom temperamento e, por isso, facilmente se dá com outras espécies animais. No entanto, é importante seguir algumas regras no que diz respeito à apresentação do cão ao novo gato, de forma a que tudo corra o melhor possível.

cão

Como é a relação do Golden Retriever com gatos?

Esta raça, devido ao seu temperamento dócil e amigável tem, por norma uma boa convivência com gatos, outros cães e mesmo outros animais domésticos. No entanto, isto vai depender da personalidade do cão e se alguma vez teve contacto com gatos, especialmente enquanto cachorro.

 

Como deve ser feita a introdução do Golden Retiever ao novo membro felino?

Como qualquer outra raça, também o Golden Retriever deve ser introduzido ao novo gato seguindo algumas regras:

    1. Quando o novo gato chega a casa, deve ser colocado num local (um quarto, por exemplo) separado do cão. Isto permite que os dois se habituem ao cheiro um do outro, sem haver um contacto direto. Devem permanecer separados até que ambos aparentem estar calmos e o gato mais ambientado ao seu novo espaço. Isto pode demorar dias, até uma semana ou mais, dependendo do caso. (Uma boa dica é colocar um difusor de feromonas, como o feliway®, no local onde o gato está, uma vez que ajuda a que se sinta mais calmo e confiante).
      Enquanto estão separados deve permitir, aos poucos, que o cão cheire a porta do local onde o gato se encontra. Deve também fazer festas aos dois, dando a cheirar a sua mão um ao outro, de forma a que habituem progressivamente aos novos cheiros.

 

    1. Na próxima fase deve deixar que os dois animais estejam na mesma área, mas sem nunca forçar a sua interação e mantendo o cão a alguma distância e com trela. O gato deve ter sítios para onde possa saltar ou esconder-se se se sentir ameaçado. Durante esta fase, sempre que sair de casa, deixe os dois separados.Esta fase deve durar até que, tanto o cão como o gato, estejam calmos e relaxados na presença um do outro. Um bom sinal de que o gato está ambientado à casa e ao cão é o facto de comer bem e usar a caixa de areia sem problemas.

 

  1. Nesta altura deve começar a permitir que haja interações supervisionadas. Quando achar que estas já decorrem sem problemas, pode começar a deixar os dois animais dentro do mesmo espaço, sem supervisão.

Deve ter em atenção que este processo pode demorar semanas até mais de um mês a estar concluído e não devem ser saltadas etapas para atingir o seu sucesso.

 

Leia neste artigo como cuidar do pêlo de um Golden Retriever.

 

Inês Millet Barros

Medica Veterinária de Animais de Companhia

 

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar