Um Natal seguro para o seu cão

Tempo de decorações, doces, luzes nas ruas, canções… O Natal está aqui, e por isso partilhamos consigo alguns conselhos para que esta festividade seja segura para o seu cão.

  • Estrela de Natal:
    Esta planta, tão comum nas casas durante a época natalícia, é tóxica para os nossos cães. Embora a toxicidade não seja grave, uma vez que causa sintomas gastrointestinais tais como vómitos e diarreia, é melhor evitar a exposição. Assim, recomendamos a colocação desta planta em locais altos para evitar que o seu cão consiga alcançá-la.
  • Fogos de artifício e foguetes:
    O Natal e a Passagem de ano por vezes têm fogos de artifício ou foguetes nas suas celebrações. O ideal será habituar previamente o seu cão a lidar com estas situações. Deverá ter o cuidado de isolar o máximo de ruído vindo do exterior, fechando janelas e baixando persianas. Um ruído de fundo familiar, como o da rádio ou televisão, também pode ser útil para tranquilizar o seu cão. Tente manter-se calmo e distrair o cão com um brinquedo ou guloseima, agindo sempre naturalmente e esperando que o barulho passe.
  • Indigestão:
    Tal como nós, os cães também adoram as deliciosas comidas das festas de Natal, mas são mais sensíveis a certos alimentos, e podem ter indigestões graves. É por isso aconselhável que todas as pessoas que vão estar com o seu cão saibam que devem evitar dar-lhe comida.
  • Obstruções intestinais:
    Tal como as indigestões, este tipo de patologia pode acontecer frequentemente em ambientes festivos, como acontece no Natal. Existem muitos elementos decorativos que são comestíveis aos olhos dos nossos cães: decorações, embrulhos de presentes… Por isso, temos de ter cuidado no caso do seu cão ter tendência a ingerir ou mordiscar objetos estranhos. Para os cães todos estes objetos que são novidade, tornam-se atrativos e ótimos para dar uma dentada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *