Como é que os cães entendem os nossos sentimentos?

Não, não é impressão sua, quando está triste é provável que o seu cão o lamba entendendo a sua tristeza, e por outro lado, pode dar saltos de alegria quando o dono chega a casa depois de um dia que correu bem. Isto porque, de facto, os cães conseguem entender os nossos sentimentos.

Expressões corporais

Os cães conseguem, em primeiro lugar, interpretar as nossas expressões corporais, e relacioná-los com sentimentos. Isto deve-se a uma longa relação de amizade entre o cão e o homem que tem vindo a crescer cada vez mais e pensa-se que os cães consigam memorizar a expressão facial dos donos relacionando-a com determinado momento.

Tom de voz

 Também os cães conseguem interpretar o nosso tom de voz, daí que quando fazem asneira e o dono fica chateado eles compreendam perfeitamente que fizeram algo que não deviam ter feito.

Faro

Por outro lado, e para complementar esta interpretação de sentimentos, os cães têm também um olfacto extremamente apurado, conseguindo detetar alguns odores que libertamos de acordo com as nossas emoções.

Como é que os cães reagem aos nossos sentimentos?

Uma vez que conseguem interpretar como nos sentimos, os nossos patudos também vão reagir de diferentes formas connosco.

Por exemplo, quando estamos tristes, os cães podem entender esse sentimento e apresentar também eles uma postura mais triste e até nos tentarem reconfortar à sua maneira, com as típicas lambidelas.

Verem os seus donos ansiosos ou tristes também pode levar a stress e ansiedade nos cães, pois acabam por entender esse sentimento mas não a razão do mesmo, gerando ansiedade. Em alguns casos de momentos mais problemáticos os patudos podem inclusive desenvolver problemas comportamentais relacionados com a ansiedade, como por exemplo urinar fora do local habitual ou roer objectos em casa.

O medo, no dono, pode também levar a que o cão tenha algum comportamento agressivo por perceber que o dono se sente ameaçado por alguma razão.

Por outro lado, quando os donos apresentam sentimentos positivos como alegria e euforia ou cão pode ficar excitado, correr, querer brincar, mesmo que não entenda o porquê.

Os nossos patudos entendem-nos muito bem e portanto devemos ter cuidado para também os protegermos de sentimentos negativos.

Patrícia Azevedo

Médica Veterinária

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *