Acupuntura para cães: em que consiste?

Provavelmente, já ouviu falar várias vezes na acupuntura como uma medicina alternativa que acarreta vários benefícios para o Homem. No mundo canino, a acupuntura é algo relativamente recente, mas é cada vez mais utilizada na Medicina Veterinária como complemento de outros tratamentos médicos aplicados em determinadas patologias.

O que é a Acupuntura?

  • É uma técnica terapêutica utilizada na China há mais de 4000 anos.
  • Consiste na inserção de agulhas extremamente finas em pontos específicos da pele.
  • É uma técnica indolor.
  • Objetivo: tratar ou aliviar os sintomas de uma patologia.

 

Quais o benefícios para o seu cão?

  • Estimula a libertação de substâncias anti-inflamatórias;
  • Promove o relaxamento muscular no local de inserção da agulha e em locais mais distantes, provocando um efeito de alívio da dor local e generalizado;
  • Melhora o fluxo sanguíneo e oxigenação dos tecidos, ajudando na remoção das toxinas;
  • Estimula o sistema imunitário;
  • É um procedimento seguro, não interage negativamente com outros tratamentos implementados.

 

Em que situações pode recorrer à acupuntura para o seu cão?

A acupuntura está indicada em vários casos, especialmente quando estamos perante situações que envolvem dor e processos inflamatórios:

 

Existe alguma contra-indicação?

  • Não existem estudos que relatem alguma contra-indicação.
  • Apesar de ser considerado um procedimento indolor, assim como algumas pessoas descrevem ter sentido algum desconforto, é possível que ocorra este desconforto também em alguns animais.

 

Com que frequência o seu cão deve fazer acupuntura?

  • Inicialmente, a frequência com que ocorrem as sessões de acupuntura é maior. Após algumas semanas, o número de sessões diminui.
  • A maior parte dos pacientes beneficia ter 1 a 3 sessões semanais durante as primeiras semanas.
  • O objetivo é atingir o período de tempo mais longo entre tratamentos no qual o cão continua a apresentar melhorias.

 

 

Rita Moita Ferreira

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *