Como ensinar o meu cão a nadar?

nuoto cane

Como ensinar o meu cão a nadar?

 

  • Escolha do local 

O primeiro ponto importante a considerar é a escolha do local – deverá ser num ambiente calmo e com boa visibilidade (água translúcida) como uma piscina ou lago.

Deve evitar o rio, devido à fortes correntes.

 

  • Brinquedos e biscoitos

Utilize biscoitos e brinquedos como reforço positivo, transforme esta aprendizagem num momento de diversão.

 

  • Ambientação à água

Deixe o seu patudo habituar –se à água, começar por molhar a patas e chapinar. Atire–lhe um brinquedo para uma parte rasa, de forma que molhe apenas as patas para ao ir buscá-lo e depois recompense-o com um biscoito.

 

  • Ensinar a nada

Quando seu cão já estiver confortável com as brincadeiras à beira da água, podemos então ensiná-lo a nadar.

Pegue nele ao colo (caso seja muito grande deverá estar sempre do seu lado) e entre na água até ter água pela cintura, depois coloque o na água e mantenha as suas mãos sob a sua barriga – não o solte. Observe se ele começa a movimentar as patas – reação instintiva – permita que ele nade sozinho, mas continue a segura-lo até que ele se desloque de forma estável e segura. Repita este processo as vezes necessárias.

 

 

  • Sair da água

Um ponto fundamental, principalmente nas piscinas! Ensine o seu patudo a sair da água, vire-o na direção correta e chame-o.

No caso das piscinas mostre-lhe onde estão as escadas, idealmente deverá conseguir sair sozinho sem o seu auxílio.

 

DICAS:

  • Informe –se relativamente à aptidão para nadar da raça do seu companheiro;
  • Respeite o seu tempo de aprendizagem;
  • Não o atire nem o force a entrar na água;
  • No caso de animais mais velhos ou em baixa forma física deverá ter atenção redobrada – irão cansar-se mais rápido!
  • Em locais de correntes, como mar ou rio poderá recorrer ao uso de coletes salva-vidas para cão. Pode ainda colocar uma trela ou guia de forma a não permitir que ele se afaste muito e em caso de necessidade consegue rapidamente ajudá-lo.

 

Filipa Calejo

Médica Veterinária de Animais de Companhia