Barkyn Logo
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Barkyn Portugal
BlogTreino

Problemas comportamentais em cães adultos

Os problemas comportamentais são um motivo de eutanásia. É importante estar alerta para conseguir identificá-los e ultrapassá-los. Saiba mais aqui.

Filipa Calejo

Filipa Calejo

Veterinária
2 min de leitura

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

Quais as alterações comportamentais mais comuns?

  • Ladrar – A vocalização excessiva é considerada um problema comportamental. Os motivos mais comuns são como sinal de aviso/alerta, excitação, ansiedade, tédio ou reposta a outro animais;
  • Ansiedade por separação do tutor – as manifestações incluem a vocalização, mastigação, urinar e defecar em locais inadequados ou outras formas de destruição. O stress ambiental de uma mudança ou evento traumático pode contribuir para um problema de ansiedade de separação.

O castigo não deve ser usado, pois o animal é incapaz de fazer essa associação ao problema, e pelo contrário induz a mais ansiedade podendo agravar os comportamentos erráticos. Deve procurar ajuda com um profissional especializado em comportamento animal de forma a identificar e a corrigir a causa da ansiedade.

  • Eliminação inadequada – urinar e defecar são um dos comportamentos caninos mais frustrantes. É fundamental descartar uma condição de saúde junto do seu Médico Veterinário, que possa ser responsável pela eliminação inadequada. Os motivos mais comuns são: por excitação ou submissão, ansiedade, por atenção ou por ausência de local adequado para eliminação.

A correção deverá ser feita realizando um reforço do comportamento desejado e a prevenção e inibição do comportamento indesejado, processo que pode demorar entre semanas a meses. A privação do período de eliminação não deve ser maior do que aquele fisiologicamente possível de controlar – 4/5 horas.

  • Morder – enquanto cachorros a “mordida” é uma forma de exploração do meio ambiente e de aprendizagem de hierarquia no grupo. Quando adulto a motivação para morder pode ser por medo/defesa, proteção de propriedade, dor/doença, tentativa de controlo ou por instinto predatório.
  • Agressividade – comportamento exibido por rosnar, “mostrar os dentes”, atacar ou morder. É importante estar atento a sinais de agressividade independente da raça ou história. Em caso de sinais de agressividade deve consultar o seu Médico Veterinário para descartar um problema de saúde, animais com dor podem exibir comportamentos agressivos. Deve ainda procurar ajuda com um profissional especializado em comportamento animal, o tratamento é normalmente facilmente estabelecido através da hierarquização.

Filipa Calejo

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Próximo artigo

Chevron Icon

PARTILHE SE GOSTOU!

Facebook IconTwitter IconChain Icon

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja