Dicas para os primeiros passeios à rua

Treino

A aventura de um novo cachorro em casa é uma experiência única! Mas a adaptação e aprendizagem das rotinas do dia-a-dia podem ser um desafio. Para saber algumas dicas para os primeiros passeios continue a ler!

Os passeios ou as “idas à rua” são uma rotina fundamental na vida do seu cão! Além de serem importantes para permitirem que mantenham um estilo de vida saudável e pratiquem exercício físico regular, permitem também estimular o seu desenvolvimento social e intelectual. Além das vantagens supracitadas, são ainda, uma óptima oportunidade para estabelecer uma relação única com o seu patudo! O passeio é o momento de caminharem juntos e conectarem!

Mas os primeiros passeios podem ser desafiantes e têm algumas limitações para que a adaptação seja fácil e segura.

Antes de mais, qualquer cachorro só deve sair à rua após ter completado o seu plano vacinal contra as doenças infecto-contagiosas. Antes desta estar completa, os passeios são contraindicados pois expõem os nossos patudos a um conjunto de ameaças que o seu sistema imunitário juvenil e incompetente pode não ser capaz de reprimir.

Depois do aval do seu médico veterinário para iniciar os passeios deve começar por:

  • Colocar trela ou peitoral em casa durante algumas horas para que o seu patudo se habitue a usa-lo e não veja estes acessórios como ameaças. Deve usar trela sempre que ele estiver na via pública!
  • Começar por levá-lo em passeios curtos, mas frequentes. A repetição implementa rotinas. Saia com ele muitas vezes ao dia e sempre que ele aparente que precisa de fazer as suas necessidades.
  • Deve aumentar gradualmente a distância e a duração das saídas.
  • Deve, igualmente, adaptar o passeio à raça e à idade. Raças como Beagles, Labradores, Border Collies ou outras muito activas têm necessidades de estimulação e de exercício maiores que outras raças mais pachorrentas 🙂
  • Reforço positivo é importante: recompense com um biscoito sempre que fizer as necessidades durante o passeio e sempre e que caminhe ao seu lado sem puxar.

É um processo. Mas com paciência e determinação, o seu patudo vai se adaptar à rotina de passeios que treinarem juntos e cada dia vai ser mais fácil que o anterior!

Bom passeios!

Helena Ferreira

Médica Veterinária de Animais de Companhia

 

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar