O que é o treino com base no reforço positivo?

Treino

Os cães são dotados de uma grande capacidade de aprendizagem, mas nem sempre o processo de treino é fácil. Existem várias técnicas, sendo que, atualmente, a mais consensual é a que recorre ao chamado “reforço positivo”.

cão

Em que consiste o treino baseado em reforço positivo?

É um tipo de treino, por condicionamento, através do qual se procuram ensinar determinados comportamentos por associação de recompensas ao cumprimentos dos mesmos.

O cão deverá ser  “premiado” sempre que exibe o comportamento pretendido, seja relativo a um comando (ex: sentar, deitar, ficar…) ou a uma nova regra. Por outro lado, também podemos usar este método quando queremos que o cão deixe de fazer algo incorreto, dando a recompensa assim que ele interrompa esse comportamento (ex: quando quer que o cão deixe de ladrar, tem de o recompensar assim que ele pare).

 

Que recompensas se deverão utilizar para fazer esse reforço?

Existem vários tipos de recompensas: alimentos, brinquedos ou atenção (ex: elogios e/ou carícias). A ideia é sempre a mesma: que seja algo atrativo para o cão e que estimule a repetição do comportamento. A recompensa alimentar é geralmente o incentivo mais usado, recorrendo a pequenos biscoitos de ingestão fácil e rápida. O objetivo depois será ir retirando, de forma gradual e aleatória, estas recompensas assim que realizada a sua correta aprendizagem.

 

Qual a vantagem deste tipo de treino relativamente aos “métodos tradicionais”?

No passado, as técnicas de treino utilizadas recorriam a métodos de castigo e intimidação. Contudo, graças aos progressos da medicina comportamental canina, percebeu-se que essa forma de “reforço negativo” tinha consequências nefastas para o animal, tais como o desenvolvimento de reações de medo, ansiedade e até agressividade. O treino por reforço positivo além de se mostrar mais eficaz, contribui para a construção de uma relação de maior confiança entre o tutor e o cão.

 

Que potenciais erros se podem cometer numa sessão de treino?

Existem vários erros que poderão influenciar o sucesso do treino canino e eventualmente serem prejudiciais para o cão que está a ser ensinado. São eles:

  • Aplicação do reforço de forma desajustada no tempo: a recompensa deverá ser dada ao cão imediatamente após a execução do comportamento a premiar. Se for dado de forma demasiado precoce ou tardia, poderá dificultar o estabelecimento de uma correta associação.
  • Uso incorreto de recompensas alimentares: se em quantidade excessiva ou se forem selecionados alimentos nutricionalmente inadequados, podemos estar a promover o aumento de peso e/ou alterações gastrointestinais.
  • Treinos longos: períodos longos de treino são desaconselhados, pois levam à perda de concentração e motivação do cão. As sessões de treino deverão ser frequentes, mas curtas.

 

Se tem um cão que precisa de treinar, utilize estas dicas e em breve tenho a certeza de que irá ver resultados!

 

     Tomás Magalhães

Médico Veterinário

 

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar