Cães e crianças: 4 principais benefícios

Treino

A presença de um cão durante o crescimento de uma criança vai-lhe trazer inúmeros benefícios tanto psicológicos como físicos. Neste artigo vamos falar nos 4 principais benefícios desta interação criança-cão.

cão

Os cães fazem parte integrante de muitas famílias portuguesas, com ou sem crianças. A sua presença, quando existem crianças na família, vai trazer muitos benefícios para o desenvolvimento das mesmas, tendo sempre em atenção que devem existir regras e limites bem definidos tanto para a criança como para o cão. Estes devem começar a ser estabelecidos desde cedo, sendo que o cão deve estar bem socializado com crianças e devem ser cumpridos alguns passos quando, por exemplo, há o nascimento de um novo bébé.

Neste artigo vou descrever os 4 principais benefícios desta interação:

1- Promove um estilo de vida mais ativo e saudável

As crianças que têm um cão como animal de companhia têm maior tendência para brincar no exterior com o cão e passear com ele, reduzindo o tempo passado dentro de casa a ver televisão, com o telemóvel ou computador. Desta forma, têm menor probabilidade de ter excesso de peso ou obesidade. Já vários estudos comprovaram também que crianças que crescem com um animal de estimação vão ter menor probabilidade de desenvolver problemas alérgicos e asma.

2- Ensina a criança a ter mais responsabilidade

Deixar a criança fazer algumas das tarefas que envolvem o cuidado do cão, com a devida supervisão de um adulto, vai dar-lhe mais sentido de responsabilidade e autonomia. Estas tarefas incluem, por exemplo, o dar comida e água, escovar o pêlo, passear o cão e brincar com ele. Cada tarefa deve ser adaptada à idade da criança.

3- Ajuda a reduzir os níveis de stress, ansiedade e solidão

O simples contacto com o cão, fazer festas e brincar com ele, ajuda a diminuir a ansiedade, stress e permite que a criança se sinta mais acompanhada. Um estudo americano mostrou que quem contacta com cães tem um aumento dos níveis de oxitocina, sendo esta hormona responsável por reduzir a ansiedade e promover melhores ligações sociais da criança com o cão e com outras pessoas. Existe também uma redução dos níveis de cortisol, hormona produzida em resposta a situações de stress.

4- Melhora a auto-estima da criança e torna-a mais sociável

A criança, ao ser capaz de fazer parte dos cuidados do seu cão e completar algumas das tarefas já mencionadas, vai sentir-se mais competente e, consequentemente, aumentar a sua auto-estima. A presença do cão em certas atividades que a criança tenha de fazer, ajuda a dar-lhe mais confiança, uma vez que este não a vai julgar se fizer alguma asneira. Também facilita o contacto da criança com outras crianças ou adultos, funcionando o cão como intermediário para este contacto e ajudando a promover as relações sociais da criança.

Inês Millet Barros

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar