5 sinais comportamentais manifestados pela posição da cauda

Treino

A observação da linguagem corporal do cão é uma boa forma de entender e antecipar o seu comportamento. A posição da cauda é um dos sinais a que devemos estar atentos e saber interpretar.

cão

A cauda é uma extensão da coluna vertebral do cão e é formada por vértebras denominadas caudais ou coccígeas. O seu formato e comprimento é bastante variável dependendo da raça do cão. Todas as posições da cauda que vão ser referidas a seguir devem ser sempre avaliadas em conjunto com os outros sinais comportamentais que o cão dá como por exemplo a posição das orelhas, do corpo, o facto de rosnar, latir, entre outros, de forma a melhor decifrar o que este está a querer transmitir.

 

 

1 – Cauda escondida entre as pernas:

Esta posição da cauda pode revelar ansiedade, medo, stress ou desconforto e aparece quando o cão está num ambiente desconhecido ou quando conhece novas pessoas ou animais. Os cães mais submissos e menos confiantes têm uma maior tendência a ter a cauda nesta posição quando, por exemplo, fazem alguma asneira em casa, vão à clínica veterinária, ou quando ouvem foguetes ou trovoada.

 

2 – Cauda numa posição ligeiramente baixa, relaxada:

Significa que o cão está calmo, relaxado e confiante. Em raças de cães com a cauda enrolada, como o Pug e o Samoiedo, a sua posição natural é enrolada sobre o dorso, mas pode deixar de estar enrolada em situações em que o cão está deitado e completamente relaxado. Pelo contrário, em raças como o Galgo Inglês, a posição natural e relaxada da cauda pode localizar-se ligeiramente entre as pernas, não representando o que foi referido no ponto número 1.

 

3- Cauda numa posição alta:

Os cães com a cauda nesta posição geralmente estão confiantes, alerta para o que os rodeia e podem demonstrar alguns comportamentos dominantes. Movimentos rápidos da cauda nesta posição demonstram também excitação. Quando, além da cauda estar numa posição alta, está também com bastante tensão e com pêlo eriçado, significa que o cão está reativo ao que o rodeia, podendo anteceder um comportamento agressivo.

 

4- Cauda alinhada com o corpo, numa posição neutra:

Uma posição neutra significa que o cão está a receber e a processar nova informação e pode também indicar uma postura defensiva.

 

5- Movimentos da cauda:

O abanar de cauda nem sempre significa que o cão está contente.  Alguns estudos indicam que quando a cauda está a movimentar-se maioritariamente para o lado direito é sinal de alegria, entusiasmo e acontece quando o cão se depara com alguém ou outro cão que já conhece e do qual gosta. Quando a cauda se movimenta maioritariamente para o lado esquerdo há uma maior associação a sentimentos negativos. A explicação para esta diferença relaciona-se com o facto do hemisfério esquerdo do cérebro ser o que está associado a sentimentos mais positivos e ser o que controla o lado direito do corpo e vice-versa.

 

Inês Millet Barros

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar