O meu cão engoliu veneno dos ratos, e agora?

Saúde

O chamado “veneno dos ratos” pode ser fatal para o cão que o ingere.

Porque os raticidas/veneno dos ratos são tóxicos para o cão?

O chamado “veneno dos ratos” diminui os níveis de vitamina K (vitamina importante na síntese dos fatores de coagulação), provocando coagulopatias e hemorragias consequentes que podem ser fatais para o cão que o ingere.

 

Qual a manifestação clínica deste tipo de intoxicação?

Os animais podem apresentar, para além de hemorragias, vómitos ou espirros com sangue, hematomas, urina com sangue, manchas vermelhas na pele, diarreia escura (melena). Dificuldade em caminhar pode surgir por hemorragia nas articulações, bem como apatia, fraqueza, mucosas pálidas e dificuldade em respirar.

 

Após a ingestão, quanto tempo decorre até que o cão manifeste sintomatologia clínica?

O tempo de manifestação dos sinais clínicos pode ir de 24 horas a 5 dias pós-ingestão do tóxico.

 

O que fazer?

Se o proprietário tiver visto a ingestão do produto deve induzir o vómito ao cão de imediato. É importante levar o animal ao veterinário o quanto antes.

 

Que cuidados médicos são necessários?

Depende se já há manifestação clínica ou se o objetivo dos cuidados médicos é preventivo (quando os donos assistem à ingestão do produto mas o animal não manifestou qualquer alteração).

Quando a abordagem tem como objetivo a prevenção, deve ser induzido o vómito se a exposição foi recente e iniciar terapia com vitamina K. O perfil de coagulação deve ser controlado nos dias seguintes.

Quando há manifestação clínica é importante agir de imediato. O animal deve realizar exames de diagnóstico para perceber a envolvência orgânica – análises de sangue, incluindo perfil de coagulação, raio-X e, se necessário, ecografia abdominal. Se há manifestação de hemorragia, pode ser necessária a realização de uma transfusão de eritrócitos e/ou plasma (transfusão de sangue) e deve ser iniciada terapia com vitamina K. O animal deve manter-se hospitalizado e a soro. O internamento pode ser longo, dependendo do estado do animal e da velocidade de recuperação do organismo.

 

A ingestão de raticida pode ser mortal?

Sim. Depende do tipo de raticida, da quantidade ingerida e do peso do animal.

Daniela Leal
Médica Veterinária de Animais de Companhia

 

 

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar