Síndrome de Cushing em cães. O que é?

Saúde

O Síndrome de Cushing, também designado de Hiperadrenocorticismo, é das doenças endócrinas mais frequentes nos cães.

cão

Em que consiste o Síndrome de Cushing?

É uma patologia na qual as glândulas adrenais produzem uma hormona (cortisol) em excesso.

Em concentrações normais, o cortisol desempenha funções muito importantes como ajudar na resposta ao stress e modular o sistema imunitário, mas, em concentrações altas pode levar a várias complicações.

Esta doença pode ocorrer por três causas: presença de uma massa (maligna ou benigna) na hipófise (85-90% dos casos), presença de uma massa na glândula adrenal ou pelo uso prolongado de glucocorticóides.

 

Quais os sintomas?

Os sintomas são um pouco variáveis e podem ser bastante leves no início da doença. Os mais comuns são:

  • Polidipsia (aumento do consumo de água)
  • Poliúria (aumento da quantidade de urina expelida)
  • Polifagia (aumento do apetite) e consequente aumento de peso
  • Arfar excessivo
  • Abdómen “pendular”
  • Falta de energia
  • Perda de pêlo
  • Fraqueza muscular

Com que idade pode surgir a doença?

É uma doença que, na sua maioria, afeta cães de meia idade a sériores, com mais de 7 anos de idade.

 

Como é realizado o diagnóstico?

Existem 2 testes que são os mais utilizados neste diagnóstico: teste de estimulação da ACTH e o teste de supressão com dexametasona em doses baixas.

Poderá ser necessário a realização de uma ecografia abdominal e TAC intracraniana e pode também ser útil uma análise específica à urina: o rácio cortisol:creatinina.

 

Qual o tratamento?

O tratamento pode ter que englobar cirurgia e tratamento médico, ou apenas tratamento médico, dependendo da causa da doença.

O tratamento médico baseia-se na administração de uma medicação designada de Trilostano.  Este medicamento não irá diminuir o tumor (hipofisário ou adrenal), mas sim inibir a produção de cortisol pelas glândulas adrenais controlando os sinais clínicos.

Existe uma predisposição racial?

Esta patologia pode afetar qualquer raça, contudo, as mais predispostas são: Pastor Alemão, Teckel, Caniche e Beagle.

 

 

Rita Moita Ferreira

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar