Barkyn Logo
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Barkyn Portugal
BlogSaúde

Citologia Veterinária

A citologia é um exame complementar de diagnóstico que nos permite visualizar células ou pequenos grupos de células. Este material é colocado numa lâmina, realizada uma coloração e observado posteriormente ao microscópio. É um exame muito utilizado devido a ser de fácil realização, com resultados rápidos e pouco doloroso para o animal.

Inês Santos

Inês Santos

2 min de leitura

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

Métodos para realizar uma citologia 

  • PAAF – Punção e Aspiração por Agulha Fina: é a técnica mais comum.  Para a sua realização é utilizada uma agulha fina e uma seringa, é puncionado o tecido para exame e aspira-se o máximo de conteúdo possível. Esse conteúdo é depois colocado sobre a lâmina.
    • Pode ser também ecoguiada ou intra-cirúrgica (especialmente em órgãos como o fígado, baço ou pâncreas, a citologia pode ser feita com auxílio do ecógrafo ou em cirurgia abdominal)
  • Fluídos ou secreções: no caso dos fluídos, a técnica de recolha da amostra é semelhante à PAAF. Em secreções, como no caso da secreção auricular, remove-se a secreção com uma zaragatoa e depois o conteúdo é passado para a lâmina.
  • Aposição: esta técnica consiste na colocação da lâmina sobre o tecido a ser examinado, e por aposição são passadas as células do tecido para a lâmina. É utilizada em tumores ulcerados ou úlceras cutâneas.

Indicações de utilização

Este exame é utilizado maioritariamente em casos de nódulos/ tumores e problemas de pele.

É também útil para:

  • Identificar a origem das células
  • Caracterizar fluídos corporais
  • Distinguir células inflamatórias de células malignas (quando é possível)

Fiabilidade diagnóstica

Quando o material é insuficiente o resultado pode ser considerado como inconclusivo.  O resultado pode também ser inconclusivo quando a população de células não dá indicação objetiva do diagnóstico.

Nestes casos repete-se a citologia ou avança-se para um exame mais invasivo que é a biópsia.

A biópsia é uma análise com uma fiabilidade diagnóstica bastante superior, mas que quase sempre envolve uma anestesia devido a ser mais invasiva, e por isso, nem sempre é a primeira escolha.

 

Inês Santos

Médica Veterinária

Próximo artigo

Chevron Icon

PARTILHE SE GOSTOU!

Facebook IconTwitter IconChain Icon

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja