Barkyn Logo
  • Veterinário
  • Alimentação
  • Barkyn Portugal
BlogSaúde

O meu cão tem alergia à pipeta para as pulgas, e agora?

É cada vez mais frequente encontrarmos cães que fazem alergia a produtos spot-on, tais como as pipetas para as pulgas. Mas se for o caso do seu cão, não se preocupe, não é por isso que irá deixar de ter forma de o proteger.

Tomás Magalhães

Tomás Magalhães

Veterinário
2 min de leitura

O melhor para o seu cão

Sabia que o seu cão pode ter uma ração à medida dele?

-15%

na 1ª encomenda
SABER MAIS
SABER MAIS

As pulgas e as carraças são um perigo quer para os cães, quer para as pessoas, uma vez que são veículos transmissores de doenças parasitárias. É necessário fazer uma prevenção cuidada para evitar a sua infestação, principalmente nos meses quentes em que a sua presença no ambiente é ainda mais preponderante.

Porque é que o meu cão fez alergia à pipeta?

Se o seu cão fez alergia à pipeta, é porque tem hipersensibilidade à substância ativa presente na mesma. Sabendo isso, deverá escolher outra forma de desparasitação externa, recorrendo a uma pipeta com outra composição, colocando uma coleira ou administrando em comprimido.

Geralmente em cães com história de hipersensibilidade cutânea, a melhor opção é o comprimido, porque evita a absorção através da pele, que aumentaria o risco de desenvolver reação local semelhante.

Com que frequência se tem que dar o comprimido?

Dependendo do comprimido escolhido, este deverá ser administrado mensalmente (Nexgard®, Simparica® ou Credelio®) ou de 3 em 3 meses (Bravecto®).

Quais as vantagens e desvantagens do comprimido?

Vantagens:

  • Facilidade na administração
  • Eficácia alta (como são produtos mais recentes, existe um menor número de resistências reportadas)
  • Biodisponibilidade do produto inalterada com os banhos (pode dar banhos sem comprometer a eficácia do mesmo)

Desvantagens:

  • Potencial intolerância em cães com hipersensibilidade gastrointestinal (raro)
  • Ausência de efeito protetor simultâneo contra o flebótomo transmissor da leishmaniose, contrariamente à maioria das pipetas e coleiras

 

Existem, assim, várias alternativas à pipeta quando o seu cão não tolera a aplicação da mesma. Resta apenas selecionar a arma que melhor se adequa a ele e prepará-lo para o combate contra as pulgas e carraças. Temos a certeza de que irá sair vencedor!

Tomás Magalhães    

Médico Veterinário

Próximo artigo

Chevron Icon

PARTILHE SE GOSTOU!

Facebook IconTwitter IconChain Icon

O melhor para o seu cão

Alimentação saudável entregue à sua porta

A Barkyn entrega ração adaptada às necessidades do seu cão acompanhamento de um veterinário dedicado. Simule agora!

Começar agora
15%
desconto na 1ª encomenda

© Barkyn, Lda. NIF: 514259426 - Love for your dog 2021

VisaCard Icon
MasterCard Icon
PaypalFooter Icon
  • Ajuda
  • Emprego
  • Privacidade
  • Loja