5 sinais de stress no cão

Saúde

Para nós, seres humanos, é difícil imaginar que o nosso patudo, cujas maiores preocupações que tem na vida são comer, brincar e dormir, pode estar stressado. Efetivamente, hoje sabe-se que os cãos podem experienciar situações de stress e que isso pode comprometer a sua saúde e o seu bem-estar.

cão

Quais são então os principais sinais de stress num cão?

1. Bocejar

Tal como nós, os cães bocejam quando estão com sono. Contudo, este comportamento pode surgir em situações nas quais se sintam desconfortáveis (ida ao veterinário, trovoadas, introdução de um novo patudo em casa), uma vez que desencadeia uma série de mecanismos internos que lhes vão proporcionar tranquilidade.

2. Lamber a boca / nariz

Se vir o seu cão a lamber a boca / nariz sem que uma deliciosa iguaria esteja por perto, o mais provável é que esteja stressado.

3. Arfar

Respirar com a boca aberta ou aumentar a frequência das respirações por minuto pode estar associado a stress. Se isto acontecer num contexto em que o seu cão está relaxado e tranquilo, deve ser interpretado de outra forma.

4. Vocalizar

Comportamentos como “choramingar”, uivar e ladrar excessivamente estão relacionados com medo / stress e são dos sinais mais facilmente identificáveis pelos tutores.

5. Alterações Gastrointestinais

Perda de apetite e diarreia (colite por stress) podem ocorrer na sequência de eventos que causem ansiedade no cão. Existem atualmente dietas direcionadas para este tipo de situações, que são altamente palatáveis e de fácil digestão, contendo ingredientes que ajudam a prevenir os efeitos gastrointestinais do stress nos nossos patudos.

Reconhecimentos destes sinais – Muito importante!

Alguns cães podem experienciar episódios agudos / esporádicos de stress,
enquanto que outros podem viver num estado crónico de ansiedade.
Reconhecer que alterações de comportamento, mais ou menos óbvias, podem estar associadas a aumento dos níveis de ansiedade, é essencial para que possamos ajudar os nossos patudos perante estas situações. Deste modo, evitamos a progressão do stress, o que pode não só interferir com o bem-estar do seu cão, como também pode afetar a sua saúde (alterações gastrointestinais, diminuição da eficácia dos sistema imunitário…).

Sara Alves 

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar