Plantas seguras para cães

Lifestyle

Ter em casa ou no jardim plantas é bastante comum e os nossos cães adoram. No entanto, algumas podem ser tóxicas para o seu cão. Mas existem algumas, que além de bonitas, não trazem qualquer perigo para o seu cão.

  • Plantas aromáticas

A Lavanda, Camomila, o Alecrim, a Valeriana, a Citronela, entre outras ervas de especiarias – além de libertarem um cheiro bom pela casa não tem efeitos tóxicos para os cães. Além de bonitas, ainda podem trazer benefícios para a nossa casa. A Lavanda, Camomila e a Valeriana possuem efeitos calmantes nos nossos cães e em nós também, sendo ideais para os cães mais agitados, ajudando-os a relaxar.

O Alecrim, entre outras ervas utilizadas, habitualmente na cozinha portuguesa, também dá vida á nossa casa. Não são tóxicas para os nossos cães e ainda dão aquele toque de “chefe” aos nossos cozinhados.

A Citronela é uma ótima aliada no controlo de pulgas, carraças e mosquitos pois o cheiro que ela produz tem um efeito repelente. Mas, atenção, não é sinónimo para deixar de fazer a desparasitação externa, é apenas uma ajuda extra e não é 100% eficaz.

  • Suculentas e Catos

A maioria destas plantas não tem efeitos tóxicos para os nossos cães, mas devemos evitar os catos espinhosos (podem fazer lesões aos mais aventureiros) e a Aloe Vera. Podem ser utilizadas tanto no interior como no exterior, são plantas que não requerem muitos cuidados e, pelo seu aspeto, um grande motivo de brincadeiras para alguns patudos curiosos. Descritas, por muitos, como as plantas que trazem energia positiva á casa.

  • Clorodito ou planta-aranha, Bambu e Fetos

O problema destas plantas é que podem ser bastante atrativas para o seu cão, pela forma e consistência que tem, que pode fazer com que as destrua com facilidade. No entanto pode tê-las dentro e fora de casa e não são tóxicas para o seu cão, mas tem um problema em comum, todas estas plantas são de crescimento rápido e multiplicam-se com bastante facilidade. Ideais para criar um ambiente fresco de forma natural.

  • Rosas, Girassol e Gerberas

A visão dos nossos cães não é igual a nossa, na generalidade os cães conseguem distinguir melhor os tons de amarelo e azul. Por isso não se admire, se apanhar o seu cão a apreciar, brincar com estas plantas. É preciso ter especial atenção com as roseiras, devido aos espinhos que possuem.

 

Apesar de todas as plantas mencionadas em cima não serem tóxicas para o seu cão, se comidas em excesso podem levar a uma desordem gastrointestinais. Além disso, se o seu cão mostrar muito interesse por uma planta, pode ser um sinal que alguma coisa pode não estar bem.

 

Maria Beatriz Mariano

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar