4 Cuidados a ter com o seu cão no Verão

Lifestyle

Quando chega o Verão, juntamente com as férias, certamente começa logo a fazer planos de passeios e férias com o seu patudo! Dado as temperaturas altas nesta altura do ano, existem alguns pontos importantes a ter em consideração.

cão

1.  Ter sempre água fresca disponível

  • Este é um tópico importante durante todo o ano. Contudo, durante o Verão, o seu patudo necessita de beber uma maior quantidade de água para regular a temperatura corporal.
  • Em casa, deve ter o cuidado de colocar a taça de água num local à sombra e protegido. Se fizer uma viagem de carro longa, deve sempre fornecer um pouco de água fresca nas paragens. Se optar por fazer uma grande caminhada com o seu patudo, deve também levar água consigo (e um recipiente); deve dar poucas quantidades de água, mas com frequência.

 

2. Não deixar o seu cão em espaços fechados não ventilados

  • Um espaço fechado e pequeno aquece rapidamente, pelo que deve evitar.
  • Nunca deve deixar o seu cão no carro num dia de calor. O aumento da temperatura no interior do carro e a falta de ventilação do ar faz com que o cão não consiga controlar a sua temperatura corporal podendo resultar num golpe de calor:

– O golpe de calor é uma urgência e se não for solucionado a tempo pode levar à morte;

– Os principais sintomas são: hipersalivação, respiração ofegante acima do normal, pele muito quente, batimento cardíaco acelerado, cansaço, fraqueza e indisposição.

  • No caso do seu patudo ficar no exterior da casa, garanta que o jardim possui um local com sombra.

 

3. Verificar sempre a temperatura do solo antes do passeio

  • Antes do passeio é aconselhado colocar a sua mão no solo durante alguns segundos. Se achar que está quente para si, também estará para o seu patudo e, desta forma, não deve passear com ele nessa altura do dia, deve esperar que a temperatura ambiente baixe.
  • É de realçar que se a temperatura ambiente estiver a 31ºC, o asfalto encontra-se a 62ºC, uma temperatura bastante alta e que pode provocar queimaduras das almofadas.

 

4. O corte do pêlo e o banho são recomendados no Verão?

  • Corte do pêlo: é recomendado apenas em alguns cães, uma vez que é necessário garantir que o pêlo cresça a tempo de proteger contra as temperaturas baixas do Inverno. Para além disso, o corte deve ser realizado com muita atenção nos cães com subpêlo (Akita, Husky Siberiano, Pastor Alemão, entre outros), uma vez que se o corte for excessivo, o pêlo deixa de poder exercer a sua função protetora podendo levar a queimaduras de pele.
  • Banho: apesar de ser lógico pensar que dar banho com frequência ao seu cão fará com que se sinta mais fresco, os banhos em excesso degradam a camada de gordura protetora. Não deve dar banho com uma frequência acima das 3 semanas.

 

Nota importante para donos de cães braquicéfalos: 

Devido à conformação do focinho e cabeça destes cães, apresentam dificuldades respiratórias. Uma vez que os cães perdem calor através da respiração, estes patudos têm uma maior dificuldade em controlar a sua temperatura corporal com temperaturas altas no ambiente, pelo que deve evitar ao máximo fazer os passeios nas horas de maior calor.

Exemplos de raças braquicéfalas: Bulldog Francês, Bulldog Inglês, Boxer, Shih-tzu, Pug.

 

Rita Moita Ferreira

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar