5 Espécies selvagens que estão relacionadas com os cães

Lifestyle

Evolução é a palavra-chave que nos leva aos patudos com as características que conhecemos atualmente. Fique a conhecer algumas das espécies selvagens que se encontram relacionadas com nosso cão doméstico.

Antes de tudo, é importante perceber a taxonomia do cão doméstico. A taxonomia uma ciência que através de um sistema de classificação nos permite separar os animais por grupos e subgrupos. O Reino é o grupo mais abrangente, dentro do qual se subdividem subgrupos cada vez mais estritos até chegarmos ao grupo “espécie” e “subespécie”. Então, os nossos patudos classificam-se da seguinte forma:

Reino Animalia

Filo Chordata

Classe Mammalia

Ordem Carnivora

Família Canidae

Género Canis

Espécie Canis lupus

Subespécie Canis lupus familiaris

De seguida, apresento-lhe 5 espécies selvagem que se encontram relacionadas com os nossos cães, em grande parte por pertencerem aos mesmos grupos.

Lobo (lobo comum ou lobo cinzento)

A espécie do lobo que conhecemos atualmente é Canis lupus. Por aqui percebe-se que é a mesma espécie dos nossos patudos. Mas de uma subespécie diferente: Canis lupus lupus.

Coiote

Da espécie Canis latrans, é também membro da família Canidae e do género Canis.

Chacal

É um dos primeiros membros conhecidos do género Canis.

Dingo

Da subespécie Canis lupus dingo, há quem o considere um cão selvagem.

Raposa vermelha

Pertencente a outro género (Vulpes), é igualmente um canídeo, da família Canidae.

Cão selvagem africano

Lycaon pictus – é também da família Canidae, mas do género Lycaon.

Apesar de todos poderem estar relacionados com a origem do cão doméstico, existe ainda debate sobre este assunto. Há quem diga que o lobo é o único ancestral comum de todos os cães domésticos que conhecemos atualmente; e há quem diga que, por exemplo, quer o chacal quer o coiote podem também estar na sua origem.

Ana Alves 

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar