Será que a ração do meu cão tem todos os nutrientes que ele precisa?

Alimentação

O Regulamento (CE) n. o 767/2009 do Parlamento Europeu define as regras para a colocação de alimentos para animais no mercado. Assim, antes de serem comercializadas, as rações fisiológicas (não específicas para tratamento/maneio de doenças específicas) têm de cumprir determinados níveis mínimos e máximos de nutrientes.

Como saber que rações ou alimentos comerciais cumprem os mínimos?

Ora, como nos diz o guia nutricional da FEDIAF (European Pet Food Industry Federation) e o Regulamento referido acima, as rações rotuladas como “Alimento Completo”, têm de ser suficientes para cobrir todas as necessidades nutricionais dos animais, em determinada fase da vida, quando ingeridas diariamente, como única fonte de nutrientes.

Escolher alimentos para uma fase específica ou adequados para todas as fases?

Se adequada para uma fase da vida específica (cachorro, adulto, sénior, reprodutor, etc), deve indicá-lo claramente no rótulo (ex.: Alimento Completo para Cachorros).

Quando a fase da vida não é especificada, ou no rótulo vem indicação que é adequada para todas as fases da vida, a ração deve ser formulada de acordo com os níveis de nutrientes necessários para o crescimento precoce e reprodução, segundo a FEDIAF, duas das fases mais sensíveis na vida do cão.

Será que cumprir o mínimo é suficiente?

Apesar destas diretrizes, a FEDIAF sugere à indústria que não formule os alimentos apenas para cumprir os requisitos mínimos, mas sim os valores mínimos recomendados (geralmente superiores ao mínimo legal), que provêm de constante investigação e atualização científica na área da nutrição de animais de companhia. Desta forma, já começamos a ver que apesar de determinado alimento estar no mercado, e fornecer os nutrientes necessários à subsistência, pode não os conter nos níveis recomendados para a melhor promoção da saúde dos nossos amigos de 4 patas.

Então, como escolher a melhor ração?

Aprender a ler os rótulos e descodificar os constituintes das rações ajudam a fazer melhores escolhas para os nossos cães.

Para mais informações sobre este assunto dê uma olhadela a estes dois artigos do nosso blog:

Inês Carvalho

Médica Veterinária

Planos Barkyn

Crie o seu plano personalizado Barkyn e descubra uma nova felicidade!

Começar